29 de março de 2019

Momento Zen do Dia #35

A ver um vídeo de brincadeiras com plasticina:
Mãe - Olha, o boneco tem dentes de muitas cores! Mas os nossos dentes só têm uma cor. De que cor são os dentes a sério, Nocas?
Nocas (olhando para mim) - Amarelos.

11 de fevereiro de 2019

"Não me batas no rabo!"

No outro dia, ao deixar a Júlia na escola, despedi-me dela com um beijinho, palavras motivadoras e uma palmadinha no rabo.
Ela virou-se para mim e disse "Não me batas no rabo!"

Na idade dela nunca me passaria pela cabeça dizer uma coisa dessas aos meus pais… ou a qualquer outro adulto, na verdade.
Fico contente que a minha filha de sete anos tenha a capacidade e a confiança necessárias para determinar o que é ou não aceitável em relação a si e ao seu corpo.
"Mas é só uma palmadinha carinhosa!" Sim, é, e sem qualquer má intenção. Mas se eu não a respeitar neste ponto não lhe estou a ensinar o conceito de consentimento. Um conceito que se aprende desde tenra idade (lembram-se do "beijinho aos avós"?) e que a pode proteger de abusos.

Por isso, quando ela reclamou, eu dei-lhe razão e pedi-lhe desculpa.

imagem retirada daqui

Momento Zen do Dia #34

A tentar adormecer a Nocas, para poder tomar finalmente um duche durante a sesta dela:
Mãe: Vá, filhota, a mãe precisa de tomar um banho.
Nocas (traduzido): Cheiras a rabo! (seguido de um riso trocista)

Imagem retirada da net

7 de fevereiro de 2019

Momento Zen do Dia #33

Como a Nocas é a nossa última filha, temos vindo a dar as roupas e outros artigos que ela já não usa. Costumo dizer-lhe que aquelas coisas agora vão para outros bebés.

Ontem, ao dar-lhe mama antes de dormir, comentei com ela que qualquer dia ela ia deixar de mamar, que já estava crescida e o leitinho estava a acabar. Ela acenou com a cabeça e comentou:
- Outos bebés!


Hmmm, não filha, as maminhas ficam comigo, obrigada….


11 de novembro de 2018

Momento Zen do dia #32

No restaurante, depois de lhe ser retirado o prato, a Nocas repara que a mesa ficou suja em alguns pontos.
- Ó senhoia, limpa a mesa, favoi!


30 de outubro de 2018

Momento Zen do dia #31

A ver fotos de quando era bebé, a Júlia exclama de repente:

- A sério que tu dantes passavas a ferro?!!



Hoje em dia, o ferro só trabalha quando há um casamento.

24 de setembro de 2018

Um miúdo crescido de... 9 anos

O Xavi fez ontem 9 anos.
Olhando para ele agora não reparo na sua altura, mas na sua maturidade. Sim, eu sei que é um miúdo de nove anos, mas comparando com o ano passado noto que cresceu imenso este ano. E a única palavra que encontro para o descrever é... maduro. Crescido. Mais autónomo. E mais carinhoso. Aquela dureza e revolta que senti nele durante algum tempo, quando entrou para a escola e nasceu a Nocas, aquela crise passou. Penso que estará num daquele períodos abençoados entre crises. Mais maduro, mais carinhoso, mais espontâneo, mais alegre. Mais Xavier. O nosso Xavier.






Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...